segunda-feira, 26 de Outubro de 2009

Lantana (Lantana Camara) Planta Tóxica.

LANTANA
From Wikipédia:
"Lantana L. é um género botânico com cerca de 530 espécies de plantas perenes, originário da Índia e nativo das regiões tropicais das Américas e África. Inclui plantas herbáceas e arbustos, atingindo até 2 m de altura"


Foto de Lantana em vaso (a lantana pega por estaca)

As Lantanas são vulgares entre nós. Encontram-se por toda a parte, nos jardins e são lindas quando em flor

Uma lantana da mesma espécie da do vaso (Lantana Camara), mas agora num jardim público, em jeito de sebe.


Mais uma Lantana (Lantana aff. lilacina Desf) num jardim público, mas que se desenvolve em forma de moita rasteira.



Uma lantana de flores brancas (Lantana Cambará - branca ), também em jardim público.



Nesta imagem estão duas espécies de lantana: uma de flores amarelas e outra de flores lilases. Foto obtida em jardim público.

As lantanas, nomeadamente a Lantana camara, são plantas tóxicas. A seguir descreve-se o resumo dum estudo sobre essa toxicidade em bovinos, colhido desta página:

"RESUMO.- Descreve-se, no município de Quatis, RJ, a ocorrência de um surto de intoxicação por Lantana camara var.

aculeata em bovinos, caracterizado por acentuada icterícia, lesões de fotossensibilização, constipação e edema subcutâneo dos membros. A reprodução experimental da doença, com êxito letal, através da administração de dose única de 40 g/kg de "Lantana camara var. aculeata", confirmou a planta como causa do surto. Doses únicas de 20 g/kg, 10 g/kg e 5 g/kg causaram, respectivamente, grave intoxicação, leve intoxicação e ausência de sintomas.

Experimentos com doses repetidas permitem concluir que essa planta apresenta efeito acumulativo, quando ingerida em doses diárias de 10 g/kg (1/4 da dose letal); a administração de quatro doses de 5 g/kg (1/8 da dose letal) ou de oito doses de 2,5 g/kg (1/16 da dose letal) reproduziram o quadro grave de intoxicação.

Subdoses menores, de 1,25 g/kg (1/32 da dose letal), administradas durante 34 dias, não produziram quaisquer sinais clínicos.

Os exames histológicos dos casos naturais e experimentais revelaram, além de bilestase, alterações regressivas nos hepatócitos e no epitélio dos túbulos renais.


TERMOS DE INDEXAÇÃO: Plantas tóxicas, intoxicação por planta, fotossensibilização, Lantana camara, Verbenaceae, patologia, bovinos.

.../...
APELO!
Atenção às campanhas mais recentes:
-- Petição Para Valoração da Abstenção
-- Assine a petição AQUI, ou AQUI ou AQUI, ou AQUI, ou AQUI
-- Denúncia de Agressão Policial
-- Petição contra os Crimes no Canil Municipal de Lisboa
.../...

 

7 comentários:

Anónimo disse...

sou de palmital pr , por aki a lantana é o pior veneno para bovinos q se conhece, ja perdi varios animais, fiz tudo ao alcance nao tendo exito.
Cristiano Clazer
nelorelegendaria@hotmail.com

Biranta disse...

Cristiano!
A lantana não é tão tóxica assim. Na verdade, a julgar pelos resultados do estudo a que o texto faz referência, a ingestão ocasional de lantana (EM PEQUENAS QUANTIDADES) não afecta os animais. Só a ingestão de elevadas doses, ou a ingestão continuada se revela fatal.
O jeito é manter os animais afastados da lantana... acho eu.
Provavelmente haverá alguns cuidados, eficientes, a ter quando os animais revelam sintomas do envenenamento, mas eu desconheço-os.
Ainda assim fica aqui a questão: Se alguém souber como tratar estes animais, por favor escreva. TODOS AGRADECEMOS.

Biranta disse...

Repare que, segundo este estudo, a ingestão de 1,25gr/kg, mesmo continuada, não oferece perigo...
Ora, 1,25 gr/kg significa qualquer coisa como a ingestão de 0,5 kg de lantana, por dia, considerando um animal que pese 400kg.
Portanto, o perigo é maior para as crias e, no caso dos animais adultos, haverá que mantê-los afastados da lantana (e manter a lantana afastada deles); oferecendo outros pastos mais aliciantes???
Sinceramente, gostaria muito de poder ajudar mais.

Anónimo disse...

nao é toxica? perdemos 10 cabeça de gado por causa da lantana

Biranta disse...

Meu caro anónimo!
Lamento muito a sua perda, sinceramente.
Eu não disse "Não é tóxica!"; eu disse: "não é tão tóxica assim"; e quiz dizer, como expliquei, que a ingestão ocasional de pequenas quantidades de lantana não afecta os animais, SEGUNDO O ESTUDO de cujo publico o resumo.
Não é tão tóxica assim (há plantas mais tóxicas) mas Não é, seguramente, planta que possa servir de pasto ou que possa estar em zonas de pasto frequentadas diariamente pelos animais.
Porém, isso não significa que se fique em pânico no caso de algum animal conseguir chegar a um pé de lantana e comer uma ou duas bocadas, porque isso não tem consequências, desde que o animal seja afastado rapidamente.
Pelos sintomas, acredito que a cenoura e o urucum possam minorar o efeito da lantana nos animais, no caso de começarem a apresentar sintomas de envenenamento, MAS NADA POSSO GARANTIR.
COMO JA DISSE, O JEITO É MANTER A LANTANA AFASTADA DOS ANIMAIS E VICE-VERSA: OS ANIMAIS AFASTADOS DA LANTANA.
Para isso podem-se colocar barreiras de feno ou de mato cortado, a isolar as lantanas; plantar outros arbustos entre as lantanas e os locais de pastagem, de modo a que os animais não tenham acesso ás lantanas, colocar vedações com taipais á volta das lantanas, etc.
Na verdade, a primeiríssima coisa de que os criadores se podem (e devem) queixar é de falta de informação sobre a questão, que lhes permitisse tomar as providências necessárias.
Este blogue destina-se a ajudar as pessoas, mas nesta questão não posso fazer mais, porque mais não sei também. Lamento!

Anónimo disse...

ganda merda

Bezouro Dias Dias disse...

Caríssimos: à minha porta existe uma lantana camara e eu tinha uma cadela labradora, preta.
Todos os dias saía à rua com cadela sem coleira e esta, logo que chegava à rua, dirigia-se à planta e comia meia dúzia de folhas, as mais viçosos, só depois dava a volta comigo. Os vizinhos riam e eu dizia-lhes que era a árvore da vida. A cadela vivei dezoito anos e alguns meses, idade com que a mandei abater no canil, pois, estava a sofrer e fazer sofrer